domingo, 7 de fevereiro de 2016

Uns certos Sonhos...


Surpreendo-me com meus sonhos repetitivos, sonhos repletos de positivos quereres, d’um encontro.
Curioso é que nem sei se você existe ou se é fruto de sonhos meus. Mulher de  belo porte, um deslumbre!E tenho todo tempo disponível contigo, estou sempre com um objetivo... Ver-te!
Sonho dormindo, se desperto sonho, e sem momento próprio, você sempre por perto. Sinto seu perfume, seu toque é leve como cetim, tem efeito eloquente... Vives por onde? Oh mistério!
Espreito o vento, o escuro noturno, e, em nenhum ponto consigo vestígios que confirme o seu existir...

Meus sentires, criteriosos? Divinos  e loucos sentires! Sinto  medo do inconsistente,  porém sigo em frente.
Perigo? Sim! Corro o risco de perder-me no trecho obscuro sem que encontre o fio que  lhe prende. E me pergunto...  Terei êxito ou terei dores, serei feliz ? Presumo tudo de melhor, só positivismo!
Eu só penso no doce dos seus beijos, no negro dos seus olhos, oh! E se tudo for diferente, como vou ter o sorriso eloquente que vejo  em meus sonhos?
Num repente, encontro um bruxo, leu e releu os riscos que dizem do viver ou sofrer, esboçou um sorriso e disse - queres ouvir? Penetrei no seu sonho, confesso que vi tudo negro, o verde ficou gris, vi você perdido,
sem solo, sem roteiro... Meu sorriso endureceu, meu olho petrificou, meu solo sumiu, fiquei sucumbido, um esqueleto desiludido defronte o bruxo rindo de mim, como quem diz... melhor crer em Deus que em mim seu bobo!!

dinapoetisadapaz

3 comentários:

  1. É preciso acreditar na veracidade do sonho para fazê-lo acontecer. Belíssimo, amiga Diná
    Um feliz carnaval minha amiga
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Gracita! É vero amiga, sonhar sim, sem tirar o pé do chão porém acreditar que é possível realizar.
      Grata pela visita!

      Bjs e bom carnaval!

      Excluir
  2. Belo trabalho neste difícil desafio.
    Crer e dar asas aos sonhos que nos levam.
    O final é fantástico Diná.

    Boa semana com carinho e paz
    Meu abraço e beijo fraterno.

    ResponderExcluir

Decanatos Póeticos

Estilo Experimental criado pela poetisa Norma Aparecida Silveira A Paz no Carnaval Da grande amiga um convite recebo, Pa...